Comentários do Leitor

Séries De Exercícios Para Perder Peso Com A Natação

Maria Vitoria da Rocha (2018-05-13)


thermatcha funciona

Por bastante tempo, a resposta para essa fatídica pergunta consistia em: consumir menos e se exercitar mais. Mas, não era qualquer exercício: se você quisesse perder gordura, diziam os "especialistas", precisaria gastar algumas horas da existência sofrendo correndo na esteira. Essa ideia tem a enxergar com a máxima de que, para perder calorias, é necessário gastar mais calorias do que se consome, não importando a referência delas.


Acontecimento que, como apresentado nos artigos anteriores, não faz significado. No fim de contas, nosso corpo humano responde a hormônios, não a calorias. Alimentos diferentes desencadeiam respostas metabólicas diferentes no corpo humano. Além disso, os convencionais exercícios para emagrecer, essencialmente quando praticados por médios e longos períodos, tendem a desacelerar o metabolismo, além de acrescentar consideravelmente o apetite.


A circunstância fica ainda pior no momento em que se concilia este tipo de atividade com a uma dieta de restrição calórica, propriamente o que a maioria das pessoas faz pra emagrecer. Dessa forma, como essa de não se tem que focar pela quantidade de calorias quando o conteúdo é alimentação, também não temos que usá-las como referência para avaliar a efetividade de um exercício no emagrecimento.


Pra perder gordura, um exercício é eficiente no momento em que gera transformações hormonais favoráveis ao emagrecimento. Ou melhor, acrescento da sensibilidade à insulina, dos níveis de hormônios anabólicos (gh e testosterona), acrescento da inteligência de oxidação de gordura, entre algumas alterações. E este exercício certamente NÃO é o aeróbico.


Sim, você leu direito. Ficar horas na esteira, fazer trocentas aulas coletivas pela academia, olhar a novela no transport (elíptico)… Nada disso é eficiente para perder gordura e se manter magra! Treinos intervalados de alta intensidade e curta duração - HIIT - são infinitamente mais efetivos, podendo queimar 9x mais gordura que os aeróbicos usuais.



  • Botar mais vegetais e frutas no cardápio

  • Cafeína é amiga da dieta

  • Existe alguma contraindicação pra dietas detox em geral? E pra dieta da sopa detox

  • quatro Discografia 4.Um Álbuns



É claro que as pessoas realizam exercícios por diferentes razões. Se você gosta de correr longas distâncias, quem sou eu pra manifestar que você precisa parar? Todavia se você está cansada de se esforçar além da medida e ter poucos proveitos, o postagem a escoltar é por você.


Inicialmente, o que é aeróbico e anaeróbico? Antes de entender por que aeróbicos convencionais não são os exercícios mais eficientes para perder gordura, é preciso aprender a diferença entre exercícios aeróbicos e anaeróbicos. Primeiramente, treinamentos com peso, como a musculação, são considerados exercícios anaeróbicos. Por outro lado, corrida, natação, ciclismo, step, jump e etc. são considerados exercícios aeróbicos. Você domina qual é a diferença entre eles e por que são classificados assim?


Isto tem a ver com o sistema de energia que é utilizado predominantemente em cada uma destas atividades, que, por tua vez, tem a ver de perto com ATP. Você lembra o que é isso? Numa série de reações químicas, essas moléculas se transformam em energia e funcionam como "bateriazinhas", que poderão libertar "doses" de energia nos locais onde estiverem.


Ocorre que a quantidade de ATP de reserva que temos no organismo é muito pequena: só é qualificado de ser utilizada em contrações que duram, no máximo, de 3 a 4 segundos! Em movimentos de alta intensidade e curta duração, como a musculação, usamos o sistema de energia chamado de anaeróbico. Como você viu, ele se divide em dois: alático (sem realização de ácido lático) e lático (com realização de ácido lático). Se você quiser saber pouco mais de fatos, recomendo que acesse esse web page ... thermatcha funciona https://necessitae.com/thermatcha/ Domina aquela impressão "maravilhosa" de fadiga e queimação que você sente no treino?





A submissão de artigos está sendo feita no novo Portal da Revista de Alimentos e Nutrição
Será necessário se recadastrar para submeter novos artigos