Alimentos e Nutrição Araraquara, Vol. 19, No 4 (2008)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Qualidade microbiológica de méis produzidos por pequenos apicultores e de méis de entrepostos registrados no Serviço de Inspeção Federal no Estado de Minas Gerais

M. B. L. SILVA, J. B. P. CHAVES, D. MESSAGE, J. C. GOMES, M. M. GONÇALVES, G. L. OLIVEIRA

Resumo



O objetivo do presente trabalho foi avaliar a qualidade microbiológica de méis obtidos diretamente de apicultores e provenientes de entrepostos registrados no Serviço de Inspeção Federal (S.I.F.) / Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) no Estado de Minas Gerais. Foram pesquisados coliformes totais, coliformes termotolerantes, fungos filamentosos e leveduras em 39 amostras, sendo três de cada um dos 13 apicultores selecionados e 18 amostras provenientes de entrepostos registradas no S.I.F-MG. Os méis provenientes da região norte da Zona da Mata mineira obtidos diretamente dos apicultores apresentaram maior contaminação por fungos filamentosos e leveduras (2,9x104) do que os méis com registro no S.I.F (3,7x103) . Quanto a coliformes totais e termotolerantes não houve diferença, com ambos os grupos apresentando < 3 NMP/g. Recomenda-se preparação profissional para os apicultores nos aspectos relacionados ao manejo, colheita e extração do mel, visando melhorar a qualidade do produto.


Texto Completo: PDF

A submissão de artigos está sendo feita no novo Portal da Revista de Alimentos e Nutrição
Será necessário se recadastrar para submeter novos artigos