Alimentos e Nutrição Araraquara, Vol. 17, No 3 (2006)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Escurecimento enzimático em alimentos: ciclodextrinas como agente antiescurecimento

A. A. J. CARNEIRO, H. F. ALVES-PRADO, E. GOMES, R. DA SILVA

Resumo


As reações de escurecimento enzimático e não enzimático são uns dos mais importantes fenômenos que ocorrem durante o processamento e armazenamento dos alimentos. Devido às restrições ao uso de sulfito em alimentos, ciclodextrinas estão sendo estudadas como uma alternativa para inibir o escurecimento de alimentos. Elas são moléculas cíclicas compostas por monômeros de Dglicoses produzidas pela ação da enzima ciclodextrina glicosiltransferase (CGTase) sobre o amido, e são capazes de formar complexos de inclusão com outras substâncias em solução aquosa. A inclusão de compostos precursores de reações de escurecimento podem evitar a complementação destes processos. Esta revisão descreve algumas propriedades das CDs, tendo como principal característica a sua complexação com compostos fenólicos presentes em vegetais, frutas e bebidas, proporcionando a redução do escurecimento enzimático desses alimentos, os quais poderão ter uma maior vida de prateleira, visto que o escurecimento poderá alterar as propriedades organolépticas e a aparência dos produtos alimentícios.


Texto Completo: PDF