Alimentos e Nutrição Araraquara, Vol. 17, No 2 (2006)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Luteína: propriedades antioxidantes e benefícios à saúde

P. C. STRINGHETA, A. M. NACHTIGALL, T. T. OLIVEIRA, A. M. RAMOS, H. M. P. SANT'ANA, M. P. J. C. GONÇALVES

Resumo



Este trabalho constitui uma revisão de dados científicos sobre luteína e sua ação como antioxidante. A luteína é um carotenóide capaz de dissipar a energia dos radicais livres e seqüestrar o oxigênio singlete. Radicais livres agem continuamente no organismo, podendo desencadear danos celulares e serem os responsáveis pelo desenvolvimento de câncer e certas doenças crônicas. Estudos mostram que a luteína protege moléculas de lipídios, membranas protéicas, lipoproteínas de baixa densidade, proteínas e DNA contra o ataque dos radicais, tendo um papel essencial na proteção de doenças, notadamente na redução do risco da degeneração macular relacionada à idade (DMRI). Como prevenção, preconizase o consumo de dietas com alimentos ricos em luteína, como vegetais de folhas verdes. A luteína ingerida diariamente pelos consumidores brasileiros é um importante componente bioativo, que pode também ser utilizado como um não nutriente, em alimentos com alegações de propriedades funcionais.


Texto Completo: PDF

A submissão de artigos está sendo feita no novo Portal da Revista de Alimentos e Nutrição
Será necessário se recadastrar para submeter novos artigos