Alimentos e Nutrição Araraquara, Vol. 18, No 3 (2007)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Piretróides – uma visão geral

M. A. T. SANTOS, M. A. AREAS, F. G. R. REYES

Resumo



Nos últimos 70 anos, os inseticidas vêm sendo amplamente utilizados na agricultura para o controle e combate de pragas, garantindo o suprimento de alimentos para uma população em constante crescimento. Os inseticidas piretróides surgiram no início dos anos 80 como uma alternativa àqueles de maior potencial tóxico, já que apresentam baixa toxicidade aguda em mamíferos, não se acumulam nos tecidos adiposos e não são persistentes no ambiente. Os piretróides são utilizados como domissanitários e em programas de saúde pública no combate de insetos vetores de doenças. Devido à segurança atribuída aos piretróides, sua utilização na agricultura foi bastante difundida e a presença residual desses inseticidas nos alimentos pode ser um risco à população devido aos efeitos adversos que podem causar em longo prazo. Assim, a determinação de resíduos de piretróides em alimentos e no ambiente tem sido exigida por consumidores, produtores e autoridades de vigilância sanitária e tornou-se uma prática essencial no controle da qualidade dos alimentos. Para tanto, técnicas analíticas modernas têm sido utilizadas na identifi cação e quantifi cação desses compostos em várias matrizes. Considerando que os piretróides pertencem à classe de inseticida mais utilizada no mundo, o presente artigo visa apresentar os principais aspectos e vantagens de seu uso no controle geral de insetos, os riscos à saúde que envolve a exposição dessas substâncias por indivíduos não alvos e técnicas cromatográfi cas utilizadas na determinação de resíduos de piretróides em diferentes matrizes.


Texto Completo: PDF

A submissão de artigos está sendo feita no novo Portal da Revista de Alimentos e Nutrição
Será necessário se recadastrar para submeter novos artigos