Comentários do Leitor

Dicas Para Emagrecer

Paulo Benicio Teixeira (2018-05-17)


Perder calorias nem sempre é uma tarefa fácil: exige dedicação, perseverança e modificações de hábito. Todavia, quando esse é o real propósito de alguém ou, em alguns casos, até uma necessidade em atividade da sua saúde, com certeza, todo vigor vale a pena!


Apesar de tudo, nada mais satisfatório do que subir na balança ou fazer uma avaliação de medidas com seu nutricionista e checar que - após dias, meses ou até anos de dedicação - você conquistou os resultados que esperava! Conservar o novo peso bem como exige insistência, perseverança e, principlamente, que os bons hábitos aprendidos no decorrer do tempo de redução de gordura continuem sendo executados. Parece complicado, não é?


Brunna Reis, nutricionista da Academia Contours, destaca que o jeito maravilhoso de perder peso, preservar o corpo humano gracioso e o peso correto é ter a toda a hora uma dieta equilibrada aliada a exercícios físicos para sempre. A nutricionista explica que, as mulheres que emagrecem e, tempos depois, engordam, são, de forma geral, aquelas que fazem dieta por algum período e, após emagrecerem, abandonam todos os hábitos saudáveis. Ou aquelas que fizeram dietas bem restritivas e, no momento em que voltaram a consumir ‘normal’, o peso voltou", diz. Às vezes, nesses casos, elas ganham até mais peso do que conseguiram perder", complementa.



  • Tente ingerir relaxado, tenha o seu tempo

  • 10 repetições: Toque Embaixo da Perna

  • Linguiça, salsicha, mortadela, salame, presunto e bacon

  • Elimine bebidas alcoólicas e refrigerantes da sua dieta, uma vez que causam inchaço abdominal

  • A dieta consegue fazer com que você continue o peso miúdo sem sofrimento



detophyll funciona https://necessitae.com/detophyll/

É acontecimento que, hoje em dia, diversas pessoas aderem às chamadas "dietas da moda", normalmente radicais, querendo perder calorias de forma acelerada. Recomendo que leia mais dicas a respeito este cenário acessando ao blog: detophyll Algumas partem até pro uso de remédios pra atingir seus objetivos. Mas, explica a nutricionista Brunna, a dificuldade dessas dietas é que elas até ajudam a pessoa emagrecer, entretanto, não é gordura que ela perde e, sim, massa magra. Em vista disso, o peso acaba voltando quando a pessoa para de fazer a dieta, porque a gordura não foi eliminada", diz. Além do posterior ganho de peso, as "dietas da moda" podem doar inúmeros riscos à saúde.


Isso varia muito de acordo com o modo de cada dieta, mas os riscos vão desde carência de nutrientes, esteatose hepática, colesterol alterado, osteoporose, entre outros", diz Brunna Reis. A profissional adiciona que é em função desses fatores que vêm aumentando gradativamente os casos de transtornos alimentares, principalmente a compulsão e a bulimia. A psicóloga cita ainda os casos de compulsão (TCAP -Transtorno da Compulsão Periódica) e quadros de muita tristeza - circunstâncias que precisam ter acompanhamento, além da psicologia, assim como do psiquiatra, justificando uma medicação adequada que colabora a redução de peso.


Isto em razão de esses são quadros mais graves que impedem de se comer corretamente, comprometendo a qualidade de existência da pessoa", diz. Em relação às medicações para perder peso, Luciana Kotaka acrescenta que elas não têm exibido resultados prolongados, muito pelo oposto, a porcentagem de sucesso é mínima.


Em meu consultório fica bem claro: aproximadamente toda clientela que atendo tem históricos de dietas da moda, medicações e nunca conseguiram estabilizar o peso", reconhece. Luciana reforça que dietas radicais e o emprego de medicações não levam à perda de gordura efetiva, uma vez que são raros os casos em que o novo peso é mantido. Uma alimentação desequilibrada poderá trazer decorrências à saúde, podendo até levar a um traço superior em pessoas com alguma doença não diagnosticada ou mesmo carência nutricional", diz.





A submissão de artigos está sendo feita no novo Portal da RCFBA
Será necessário se recadastrar para submeter novos artigos